Logótipo da Númena

> A RELAÇÃO ENTRE O PASTOREIO E OS INCÊNDIOS FLORESTAIS


O Plano Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios  (PNDFCI), plano estruturante para a defesa da nossa floresta contra os incêndios, que foi aprovado em 2006, contém 5 eixos estratégicos de actuação. O 2º eixo estratégico, denominado “Reduzir a incidência dos incêndios”, contém 2 objectivos estratégicos, sendo o segundo “Melhorar o conhecimento das causas dos incêndios e das suas motivações”. Neste objectivo, enquadra-se o projecto de investigação “A relação entre o pastoreio e os incêndios florestais”.


O estudo foi financiado pela Direcção Geral dos Recursos Florestais (actual Autoridade Florestal Nacional), sendo coordenado pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). A UTAD solicitou à NÚMENA a caracterização sociológica do pastoreio. A coordenação coube a José Maria Pereira Coutinho, investigador da NÚMENA, sendo o trabalho de terreno efectuado por Eduardo d’Orey (FCSH – UNL), de Agosto a Setembro de 2008. Como técnica, utilizou-se as entrevistas a pastores, entidades, populações e outros indivíduos (hotelaria e comércio).

Versão para Impressão


Arrastar para navegar pelo texto
Foto de rebanho de cabras